12 peculiaridades de diferentes países que não tem explicação lógica

Sempre que visitamos um novo país passamos por um choque cultural devido as peculiaridades locais, seja por idioma ou o cotidiano. Mas nem sempre as peculiaridades param por aí, algumas são tão diferentes que nem sequer parecem ter uma explicação lógica.

Separamos hoje algumas peculiaridades de diferentes países que parecem não fazer muito sentido.

Aparência

12 – Em alguns lugares da Índia, quando uma pessoa está acima do peso ela é mais respeitada. Por lá, ser gordinho significa ser rico.

 

11 – Já no Vietnã, os habitantes nadam no mar vestidos de jeans, camisetas e outras roupas

Comida

10 – Na China é possível encontrar no supermercado pequenas rãs, tartarugas e crocodilos vivos. Eles são vendidos como alimentos.

09 – No Vietnã é comum servir uma sopa de pato que vem com um pato inteiro, com bico e tudo dentro do prato.

Conduta com Turistas

08 – Também no Vietnã, tocar uma criança de pele branca e cabelos louros é como receber uma bênção

07 – Na Suécia, se você perder seus pertences e dinheiros, a polícia se preocupa primeiro em saber se o turista está com fome O que faz sentido, já que sem dinheiro você não teria como se alimentar

Regras de Comportamento

06 – Em Israel as pessoas cumprimentam todo mundo, o tempo todo, desde motoristas de ônibus até vendedores de lojas e zeladores.

05 – Na China, quanto mais alto você falar, maior parecerá seu status, resultado: os chineses falam muito alto.

04 – Na Suécia as pessoas costumam mostrar os pés em eventos formais.

Transporte

03 – Na Romênia você não usa o cinto de segurança no banco da frente, pois os passageiros do banco de trás podem usá-lo como uma arma. Bizarro!

02 – Na Inglaterra as pessoas fazem fila para entrar no ônibus e esperam educadamente as outras descerem antes de entrar.

Cotidiano

 

01 – Na Suíça há uma regra sobre o dia e horário que você pode usar a máquina de lavar em seu próprio apartamento.

Bônus: Em Hong Kong as pessoas passeiam com seus pássaros em gaiolas, eles acreditam que sem passear os pássaros não vivem muito e não cantam.

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *