12 lugares muito populares no passado e que estão completamente abandonados

No ano passado Tiago José Berg, um pesquisador, informou que no mundo há cerca de 2.5000.000 (dois milhões e quinhentos mil) cidades. Deste número, 38 mil são metrópoles.

A partir desses dados é possível compreender que o nosso planeta é muito grandioso, mas ocorre que nem todos esses municípios ainda estão ativos atualmente. Vários lugares que já foram muito famosos e badalados, estão completamente abandonados hoje em dia.

Separamos nessa lista 12 locais exatamente assim, que eram muito famosos no passado, mas que hoje são bem diferentes e que estão até mesmo abandonados.

12 – Distrito de Varosha, Chipre

Esse local atraia milhares de turistas na década de 1970, antes de ser invadido pelos turcos. Após esse episódio, o município ficou completamente deserto, assim, atualmente a região foi completamente dominada pela natureza.

11 – Argentiera, Itália

Esse belíssimo cenário italiano, teve seu apogeu na década de 1940, pois era um lugar rico em prata. Mas o declínio da produção acabou fazendo com que as atividades fossem encerradas em 1963 e o local se tornasse deserto.

10 – Grytviken, Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul

O início do povoamento nesse local foi em 1904, quando instalaram a primeira estação de caça às baleias no local. Atualmente, apenas uma igreja funciona por lá, realizando casamento.

A questão é que a última celebração aconteceu em 18 de novembro de 2009.

09 – Palácio da Regaleira, Portugal

Esse poço foi um local muito famoso, composto por nove níveis ( as lendas dizem que cada nível simboliza um círculo do inferno). Já foi um lugar muito popular entre os maçons e, embora, atualmente seja aberto ao público, o local quase não recebe visitas.

08 – Cape Romano, Estados Unidos

Essa casa foi construída com várias cápsulas, na Florida em 1904, mas o solo arenoso do lugar fez com que o edifício diminuísse. Já em 2005 o local recebeu um novo proprietário, que até queria renovar o lugar, mas foi proibido pelas autoridades locais. Dessa forma a construção ficou completamente abandonada.

07 – Oradour-sur-Glane, França

Esse é um local marcado pela barbárie. Costumava ser uma charmosa vila francesa, mas foi destruída em 1944 pelo exército alemão. No ato, os 642 moradores do local foram assassinados e o presidente francês da época decidiu que os espaço jamais deveria ser reconstruído, em memória aos que morreram ali.

06 – Spinalonga, Grécia

Essa ilha grega abrigou leprosos e outros doente no fim da década de 1660, em razão disso, os moradores abandonaram o local por medo de contágio. E por isso, o local se tornou um ponto turístico.

05 – Plymouth, Montserrat

Esse local foi completamente abandonado em julho 1995, após a erupção de um vulcão a 4km da cidade. Todo o lugar foi coberto por uma fumaça cinza e os 4.000 moradores decidiram abandonar tudo e nunca mais retornar.

04 – Agdam, Azerbaijão

Localizado na República de Nagorno-Karapakh, o local foi bombardeado, invadido e saqueado durante a guerra. Após esses acontecimentos, as pessoas decidiram fugir e a colônia ficou completamente vazia.

03 – Spreepak, Alemanha

Esse parque de diversão inaugurado em 1969 foi um sucesso absoluto por duas décadas. Mas o novo proprietário do local não soube administrar tudo e declarou falência em 2001, o parque fechou as portas e está abandonado deste então.

02 – Pripyat, Ucrânia

Essa cidade serviu de local para a usina nuclear de Chernobyl, responsável por um dos maiores desastres do planeta. O local foi evacuado em 1986 e até hoje permanece vazio, embora receba um pouco de visitantes, que não apenas admiram o cenário de catástrofe, como se surpreendem com os grafites espalhados pelo lugar.

01 – Ha-shima, Japão

Essa ilha localizada no Mar da China, era rica em carvão e foi a sede de muitos poços e minas de mais de 600 metros de profundidade. Durante a década de 1940 a população era bem densa, com mais de 835 pessoas por hectare. Mas a mineração foi encerrada em 1974 e a ilha está completamente abandonada até hoje.

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *